Quarta-feira, Dezembro 8, 2021
Inicio Natal Castanhas

Castanhas

Chegou o tempo invernal e, com ele, o cheiro a castanhas assadas pelas ruas. Frequentemente não temos a noção de que estamos perante um fruto muito rico e nutritivo que pode ser consumido sem grandes culpas, desde que com conta, peso e medida. Noutros tempos eram consideradas o “pão dos pobres”, mas hoje em dia já são encaradas como uma “guloseima”.

As castanhas são um fruto bastante antigo. Contam com cerca de 90 milhões de anos, sendo provenientes da região leste do Mediterrâneo. Foi a partir daqui que o castanheiro (Castanea sativa Mill.) se começou a espalhar pela Europa. Hoje, em Portugal, existem várias áreas geográficas com produção de castanhas de elevada qualidade. É o caso da região da Serra da Padrela, Marvão-Portalegre, Trancoso e Terra Fria Transmontana.

As castanhas são um fruto muito rico do ponto de vista nutricional, oferecendo ao organismo vários nutrientes de que este necessita. Contêm hidratos de carbono que possuem quantidades de amiloses, amilopectinas e polissacarídeos que permitem o desenvolvimento da flora intestinal. Por conterem fibras que estimulam a presença de bactérias probióticas benéficas ao intestino (do género Bifidobacterium e Lactobacillus), ajudam a reduzir a inflamação e algumas enzimas que podem estar na origem de alguns cancros do intestino. A fibra que possui pode regular os níveis de colesterol. São uma boa fonte de energia, isenta de glúten, o que as torna aptas para serem também consumidas por quem sofre de doença celíaca. São baixas em gordura e com excelentes níveis de hidratos de carbono complexos e fibras. Possuem diferentes fitoquímicos e vários compostos fenólicos que são importantes antioxidantes e protectores celulares. Cerca de 10 castanhas assadas fornecem 36% da quantidade necessária de vitamina C, 21% de vitamina B6 e 15% de ácido fólico. São ricas em minerais como cálcio, ferro, magnésio, potássio, fósforo, zinco, cobre e selénio.

As castanhas podem ser consumidas de várias formas, a sua versatilidade em termos gastronómicos não se limita a serem ingeridas isoladamente. Elas podem ser confeccionadas como acompanhamento de pratos, mas igualmente como base para sopas e na elaboração de sobremesas e doçaria. Deixamos as seguintes sugestões para esta quadra:

Mercado de Natal 2021

Estamos à vossa espera para visitar os...

GLACISMAART 19/09

Muito obrigado a todos que visitaram nosso...

Colaboradores do C.A.S.A

Nossa equipa sempre em forma para melhor...

Como viver no Luxemburgo

Neste período do ano, é muito comum...

Inscrições abertas

Inscrições abertas para os nossos cursos de...